domingo, 14 de novembro de 2010

CHAMA

Por: Marfiza França (RJ)
marfiza@marfiza.com.br

Palavras são como cordilheiras;
Protegem, evitam desastres, formam belas paisagens,
mas nunca se vê no além, o que há...
Pensamentos são as vozes de espírito
e nessa sintonia, nada vai nos desligar!

Nosso encontro marcado pela essência,
nos fez dançar no escuro, tatear...
fez da tua presença a rainha dos meus dias,
dos meus sonhos, do que não vejo...
do que sentimos e não podemos tocar.

Quero essa trilha, esse fogo,
que me chama e me acende uma chama
Que preciso e cuido pra não apagar...
Em nossa lenha de uma vez
há uma floresta de possibilidades a nos esperar.

Quero ser especial por isso
Quero ouvir, comer, beber você...
extrair, te sentir aquecer... e plantar!
Pra que não se transforme em deserto,
o jardim que eu quero te dar.

Um comentário:

  1. Uau! Uma honra estar entre vocês Buzo.
    Obrigada pela deferência.
    M

    ResponderExcluir